phone email location link google-plus facebook instagram twitter vine youtube vimeo pinterest instagram email google-plus facebook twitter wordpress pinterest search share share2
Guia dos Sonhos - Encontre Fornecedores
Morri de amores quando vi o casamento da Aline e do Guilherme no Instagram do Victor Silvério.
 
Como se não bastasse a noiva linda, o noivo apaixonado e as fotos maravilhosas, a história do casal completa o clima de conto de fadas.
.
O enredo é gostoso, simples e romântico.
 
Os noivos estão na listinha dos mais doces que já passaram por aqui, coisa que dá pra perceber pelos detalhes do casamento: ar livre, cores, sorrisos, felicidade escancarada.
 
A Aline descreve o Gui como um príncipe e a gente acredita, afinal, ela é uma verdadeira noiva princesa, linda e radiante com seu buquê de borboletas.
 
Um casamento original, do jeitinho que eu amo e gosto de incentivar aqui no blog.
.
Preparados?
 
Com vocês, os votos da Aline e do Guilherme.5-casamento-lindo

7-casamento-lindo 9-casamento-lindo 10-casamento-lindo 11-casamento-lindo 14-casamento-lindo 17-casamento-lindo 19-casamento-lindo 20-casamento-lindo 21-casamento-lindo 22-casamento-lindo 24-casamento-lindo 25-casamento-lindo 26-casamento-lindo 29-casamento-lindo 32-casamento-lindo

O INÍCIO
(Escrito pelo noivo)
 
“Tudo começou no colegial, estudávamos na mesma escola.
 
No início do ano, estávamos no intervalo das aulas, quando olhei para o outro lado do pátio e vi a Aline. Só conseguia enxergar ela, no meio de todas aquelas pessoas.
 
Daí em diante a minha vida mudou, pois todos os meus intervalos eram destinados a olhar e admirar a beleza dela, sempre sem ser notado.
 
Depois de um tempo consegui o Orkut dela, para onde passei a enviar mensagens diárias, sempre sem resposta.
 
Até que no fim desse ano, me surpreendi ao abrir a caixa de e-mail e ver uma mensagem, onde ela dizia que estava interessada em me conhecer melhor e que os meus recados incessantes fizeram o menino que ela estava ficando terminar tudo.
 
Fiquei super contente com a notícia e mal esperava o momento de ficarmos juntos.
 
No nosso primeiro encontro, levei uma rosa amarela e conversamos muito.
 
A partir daí rolaram muitos papos, mas a gente não conseguia se beijar por conta da minha vergonha. Foram meses até que começássemos a namorar.
 
Namoramos durante um tempo, mas pela pouca idade e interferência da família, não durou muito.
 
No ano seguinte mudei de escola e não a vi mais, mas todas as vezes que passava perto da casa dela, ficava olhando para tentar vê-la, para matar a saudade.
 
Durante esse período tive outros namoros e em todos eu contava a nossa história, lembrando de como eu me sentia com ela.
 
Parecia que uma parte de mim estava faltando e isso durou vários anos, sempre na esperança de conseguir alguma notícia dela, alguma foto… Ficamos realmente separados.
 
Alguns anos depois, no final de 2010, esbarrei com uma foto dela no Orkut. Não demorou para que desse um jeito de nos encontrarmos.
 
Nós conversamos um pouco e saímos com o pessoal para comer. Viramos amigos novamente.
 
Durante um tempo eu gostava de irritá-la, a todo momento e em qualquer lugar. Só depois percebi que isso era para poder ficar perto dela sem demonstrar segundas intenções.
 
Ficamos assim durante alguns meses, e por conta desse meu jeito, até nos lugares que eu ia, ela não queria ir.
 
De repente o clima entre a gente foi mudando, eu comecei a ser mais doce e ela desabafava comigo, conversava comigo a todo o momento. Nos tornamos muito próximos.
 
Em março de 2011 fomos para um acampamento da igreja e foram dias de cumplicidade e proximidade, tanto que na volta, no ônibus, tomei coragem e abri o coração.
 
O passo seguinte foi conversar sobre a nossa situação e o que esperávamos para o futuro. E assim começamos a namorar novamente, dia 11/06/11.
 
Depois de um tempo descobri que o meu primeiro beijo com ela, foi também o primeiro beijo dela comigo. Nunca tínhamos ficado com ninguém antes um do outro. Somos o primeiro e último amor um do outro”.
 
O PEDIDO
(Escrito pela noiva)
 
“O pedido de casamento não poderia ter sido mais especial!
 
O Gui sempre foi super romântico (como eu costumo dizer, um verdadeiro príncipe encantado), então ele disse que queria muito fazer um pequena viagem, algo pra gente descansar e curtir o restinho das férias.
 
Ele sugeriu que eu conversasse com meus pais e pedisse a autorização deles, e eu fiquei com muito receio, pois pensei que minha mãe não deixaria (mal sabia que já estava tudo combinado). Qual não foi a minha surpresa quando recebi um SIM tão fácil, rs.
 
Viajamos e o Gui insistia todos os dias para que víssemos o sol nascer, mas o tempo não colaborava muito.
 
O dia que deu uma melhoradinha lá estava o Guilherme me acordando às 4 da manhã, com um mal humor daqueles!
 
Lá fui eu naquela madrugada friiiia que dava dó, hahaha. E aí fiquei chocada ao chegar no lugar e encontrar outras pessoas.
 
Quando o sol finalmente deu as caras no horizonte o Gui me abraçou (e tudo ficou mais quentinho) e começou a dizer o quanto me amava, o quanto eu era especial para ele e que o que mais queria era estar comigo para sempre!
 
Então ele se ajoelhou e retirou do bolso uma caixinha, fazendo a pergunta que mudou a minha vida para sempre, e é claro que eu disse SIM!
 
Para o meu espanto, em meio a risos e lágrimas, fui percebendo que os rapazes que estavam por lá filmavam o pedido de casamento (com direito a drone e tudo, rs). Foi lindo demais!”.

33-casamento-lindo 34-casamento-lindo 35-casamento-lindo 36-casamento-lindo 37-casamento-lindo 38-casamento-lindo 40-casamento-lindo 41-casamento-lindo 42-casamento-lindo 44-casamento-lindo 46-casamento-lindo 48-casamento-lindo 49-casamento-lindo 50-casamento-lindo 51-casamento-lindo 52-casamento-lindo 53-casamento-lindo 54-casamento-lindo 55-casamento-lindo 56-casamento-lindo 57-casamento-lindo 58-casamento-lindo 59-casamento-lindo61-casamento-lindo 62-casamento-lindo 63-casamento-lindo 65-casamento-lindo 66-casamento-lindo 68-casamento-lindo 69-casamento-lindo 70-casamento-lindo 71-casamento-lindo 72-casamento-lindo 73-casamento-lindo 74-casamento-lindo 76-casamento-lindo

O CASAMENTO
 
“Sempre sonhei com o dia do meu casamento. Sou apaixonada por tudo que envolva casamentos, um momento único na vida de um casal, o dia que passam a ser um.
 
Desde os meus dez anos eu via revistas, fotos de álbuns da família e, com a chegada da internet, aí que ninguém me segurava mesmo! Hahaha.
 
Sempre sonhei com um casamento de princesa, ao ar livre e embaixo de uma árvore com um balanço, durante o dia.
 
E não é que Deus foi tão bondoso comigo que fez do jeitinho (e até muito melhor) do que eu pedi?
 
Como sempre quis que o casamento tivesse a nossa cara, colocamos a mão na massa. Soube desde o começo que precisaríamos investir tempo e planejamento para que tudo ficasse mais significativo, com o nosso dedinho em cada detalhe.
 
Acho que fui uma noiva muito tranquila (quem fez toda a correria foi o Gui). Era até engraçado, pois alguns fornecedores ao me conhecer diziam: ahhhh, você que é a noiva!
 
O Gui me poupou de todo o estresse que a organização que um casamento pode causar, mas é claro que tudo ficou muito fácil depois que fechamos o contrato com a nossa cerimonialista linda, a Elaine Perini, que nos deu todo apoio e foi super cuidadosa, carinhosa, atenciosa em todos os pontos.
 
A nossa cerimônia foi linda, em um domingo de manhã, embaixo de uma linda árvore e com um clima muito agradável.
 
Eu podia ver a resposta de Deus para minhas orações em cada detalhe daquele dia.
 
Foi tudo muito romântico e o ar de encantamento e de conto de fadas podia ser sentido em cada cantinho da Fazenda Quilombo.
 
Como eu sempre fui apaixonada pelas histórias da Disney (sei até as falas, hahaha), um momento muito especial foi a nossa dança ao som de Beuty and The Beast (foram 4 meses ensaindo por conta própria, e nas duas últimas semanas fizemos duas aulas com uma profissional).
 
Tudo valeu a pena, pois ficou muito, muito, muito lindo mesmo!”.
 
DETALHES ESPECIAIS
 
“Sempre quis que o casamento tivesse a nossa cara, por isso investimos em toques pessoais.
 
Ao pensar na cerimônia, queria muito que as minhas madrinhas e padrinhos entrassem separados e saíssem juntos (estilo americano), por isso resolvi presentear as meninas (e convidá-las) com um lindo buquê feito por mim.
 
Escolhi flores delicadas e com cores clarinhas, pois o casamento foi de dia, ao ar livre. Dá para imaginar o tanto de queimaduras de cola quente que isso rendeu pra mim, minha mãe e irmã (minhas companheiras nesta jornada)?
 
Foi lindo, pois elas entraram felizes e charmosas com os buquês, algo que podem guardar para sempre.
 
Toda a parte da papelaria também foi feita por mim e pelo noivo (que acredito querer ter me matado com tanta coisa que inventei), hahaha.
 
Desde o convite, centros de mesa, cardápios e convites dos padrinhos, adesivos com nossas iniciais e tags, tudo foi pensado e planejado com muito carinho para combinar com todo o casamento e dar um toque especial.
 
Os centros de mesa foram feitos com fonte de pixel e também com imagens do Pac Man, com a frase: pressione start e junte-se a festa.
 
E não parou por aí! Como apaixonada pelos filmes da Disney, quis que o meu casamento tivesse clima de conto de fadas, e para os encostos das cadeiras escolhi a Dama e o Vagabundo.
 
Para completar, o detalhe mais difícil de todos, mas também o mais especial: o buquê.
 
Adoro borboletas. Admiro a leveza, beleza, liberdade e encantamento que elas transmitem, então o meu buquê tinha que ser de borboletas.
 
Não sabia como seria e não tinha ideia de como fazê-lo, mas tinha que ser de borboletas!
 
Pesquisei e depois encomendei tudo de um site estrangeiro, e assim que as lindas borboletas chegaram foi só juntar minhas duas fadas madrinhas (mãe e irmã) e por a mão na massa mais uma vez, um pouco de arame (desses mais fininhos e maleáveis), fita floral e cola quente… E voilà, lá estava o meu lindo e encantador buquê de borboletas, muito elogiado pelas damas do recinto.
 
O casamento não poderia ter sido mais perfeito, romântico e encantador do que foi! Em cada canto era possível ver um pouquinho de mim e do Gui, da nossa personalidade, da nossa história, do nosso carinho pelos convidados e principalmente da nossa história de amor!
 
A correria, noites indo dormir tarde e dedos queimados de cola quente valeram a pena, pois ao final da festa ouvi de um dos convidados: hoje eu acredito que existe conto de fadas!, e isso trouxe paz ao meu coração, pois era tudo o que eu mais sonhava que acontecesse.
 
Foi o dia mais lindo da minha vida e ficará marcado para sempre em minha memória e em meu coração, o meu dia de princesa, o dia em que me casei com o meu príncipe encantado!”.

78-casamento-lindo 79-casamento-lindo 80-casamento-lindo 81-casamento-lindo 83-casamento-lindo 84-casamento-lindo 85-casamento-lindo 86-casamento-lindo 88-casamento-lindo 89-casamento-lindo 91-casamento-lindo 92-casamento-lindo 93-casamento-lindo 94-casamento-lindo 95-casamento-lindo 96-casamento-lindo 97-casamento-lindo 98-casamento-lindo 100-casamento-lindo 101-casamento-lindo 102-casamento-lindo 103-casamento-lindo 104-casamento-lindo 105-casamento-lindo

Aline e Gui, que delícia testemunhar este conto de fadas.
 
A felicidade e o amor são visíveis em cada foto e os relatos só confirmar que vocês foram feitos um para o outro!
 
Fico particularmente feliz por encontrar um casal que abraçou pra valer a ideia de personalização, fazendo os detalhes pessoalmente.
 
Obrigada por tanta inspiração. Que vocês tenham um eterno felizes para sempre!
 
Agora sim, pode beijar a noiva.

99-casamento-lindoQuem fez?

 
Fotografia: Victor Silvério | Filmagem: Suit Films | Cerimonial: Elaine Perini | Decoração: Silvia Cruz | Beleza: Tatiane Mantovani | Tv: DJ Poti | Música e som: Joelson Vieira | Buffet: Perres Buffet | Acessórios: Guchi | Sapatos: Lapupa | Carro: Manhattan Service | Totem: Escol Cabines | Terno: Princesinha Noivas | Vestido: Casa e Noivas | Móveis: Casa Festa | Toalhas: Laforet Festas | Lembranças: Doce Mel | Local: Fazenda Quilombo

Comentários

Categorias:
Casamento Real Casamentos
Tags: