Inez e John tiveram um lindo casamento inter-religioso na Fazenda Dona Catarina.

Com a noiva católica e o noivo judeu, a prioridade era promover uma cerimônia colorida, leve e aconchegante, o que tiraram de letra!

O casamento inter-religioso acontece quando o casal segue religiões distintas. Geralmente reúne dois líderes espirituais e tende a acontecer fora da igreja. O mais interessante é observar que a emoção é a mesma de um casamento tradicional.

Dá pra sentir a energia, a paixão e a felicidade a cada foto, do making of aos registros após a troca de alianças.

Os noivos já se conheciam e eram amigos de longa data antes do envolvimento amoroso, o que colaborou para que ambos se dedicassem aos preparativos, com muita parceria e entrega.

Falando dos detalhes, a decoração com certeza é o ponto alto!

A união de muitas cores, numa explosão de tons e texturas, deixou tudo ainda mais exuberante e alegre.

Sem contar as crianças, pajens e daminhas fofos que roubaram a cena em alguns momentos. Tem coisa mais gostosa que crianças no casamento?

Vale ler o depoimento da noiva (abaixo), que com certeza arrancará suspiros!

Com vocês, o casamento inter-religioso da Inez e do John.

“Nos conhecemos em atividades do CISV, que é uma ONG internacional que basicamente promove a amizade entre pessoas de diferentes culturas.

Fomos nos conhecendo e nos tornamos grandes amigos ao longo dos anos. Depois de 10 anos de amizade, tudo no namoro foi muito fácil.

O pedido aconteceu com 8 meses de namoro e o casamento veio 1 ano depois.

Eu sempre quis casar num lugar aberto e que fosse bem colorido!

O John é absolutamente organizado e já planilhou tudo desde o começo. Fizemos tudo junto e fomos uma ótima dupla!

A primeira decisão foi lugar e data. Pra confirmar a data, já falamos com o Renato Aguiar, que tinha feito diversas festas na minha família, incluindo o casamento da minha irmã gêmea. Ele confirmou que podia na data e aí já fomos fechando as coisas.

Quando fomos visitar o local, amamos a proposta! A partir de maio, a Lu da Boutique de Três começou a nos ajudar. Ela e toda a equipe foram ótimas e fundamentais para conseguirmos todos os detalhes. Foi o primeiro casamento que a Lu organizou pela Boutique e ela foi excepcional!

A decisão mais difícil foi colocar ou não toldo na fazenda, pensando num plano B para a chuva. No final, resolvemos colocar e foi ótimo, mas resolvemos 5 dias antes do casamento.

Outra peculiaridade é que eu sou católica e o John é judeu. Pra mim era super importante ter o sacramento do matrimônio. Para isso fizemos todo o processo normal para casar na igreja e pedimos autorização para que eu casasse com alguém não católico, e que o casamento fosse realizado em um lugar neutro, ou seja, fora da igreja.

O bispo autorizou e fizemos o casamento religioso com efeito civil na própria fazenda. Usamos um roteiro oficial de casamento inter-religioso.

A cerimônia foi linda e super elogiada!

Além disso, entrei com o meu pai, mas ele me levou até o meio do caminho. Paramos e o John foi me encontrar e seguimos juntos para o altar.

Queria algo bem colorido e que fizesse as pessoas se sentirem em casa. O Renato, que já me conhecia, nos apresentou um projeto exatamente assim! Foi incrível!

Eu sabia que queria usar o cabelo solto e incluir a grinalda que minha irmã gêmea tinha usado. Não sabia se queria usar véu ou não e na semana anterior ao casamento soube que poderia usar o véu que minha bisavó comprou há 60 anos. Dezessete pessoas já usaram, mas infelizmente não combinava com o meu vestido… Aí pedi para que a estilista fizesse um véu simples.

Depois de pronta, quando todo mundo já tinha saído do quarto, minha irmã mais velha pediu para eu colocar o véu. O brinco era de pérola com uma flor de brilhante que foi um presente da minha mãe.

Na mão direita usei meu anel de noivado e um anel que meus sogros me deram na semana do casamento.

Tivemos uma festa bem animada, tanto que não saímos na pista!

Eu tinha tanta certeza que não ia chover, que apesar de quase todas as previsões mostrarem chance de chuva, eu não queria colocar toldo entre a estrutura já montada e  casa pra não esconder nada. Hoje, teria colocado antes e pensado numa maneira melhor do toldo ser instalado sem que prejudicasse a visão da frente da casa. Não foi um problema, mas acho que ficaria melhor.

Fizemos a cerimônia no lugar que era o plano B (na frente da casa) e eu não queria de jeito nenhum. Inclusive pedi mim vezes pra trocar porque na hora do casamento já não chovia mais, mas me convenceram que para os convidados não seria uma boa pisar na grama molhada.

No fim foi ótimo e ficou lindo!”.

Inez e John, parabéns pela bela festa!

Que a vida a dois seja ainda mais alegre, colorida e harmoniosa.

Viva os noivos!
Quem fez?

Local: Fazenda Dona Catarina • Fotos: Torin Zanette • Vídeo: Casa 2 Filmes • Assessoria: Boutique de Três • Coral: Allegro • Decorador: Renato Aguiar Festas • Flores: Aparecida Helena Flores • Mobiliário: 100% Eventos e Ambiente Eventos • Tapetes: By Kamy • Toalhas: Mesalinho • Cobertura: Cris Coberturas • Iluminação: DB2 Eventos • Buffet: Buffet Renato Aguiar • Bar: Brothers Bar • Bolo: Piece of Cake • Doces: Mariza Doces, Pati Piva, Petit Fleur, Maria Beatriz Doces, Liban • Bem casados: Conceição Bem Casados • Banda: SOS • Espaço kids: Fadas Madrinhas • Convites e papelaria: Bia Coutinho • Lembrancinhas: A Dona do Doce, Helô Doces, Cadô Presentes • Vestido de noiva: Nanna Martinez • Beleza: Le Alves Make Up • Acessório: Emanuelle Junqueira • Traje do noivo: Ricardo Almeida

Fornecedores dos Sonhos

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Flávia Queiroz

Publicitária, content creator e dedicada a ações que aproximam pessoas. Sou viciada em casamentos, mas de um jeito diferente da Gretchen.

Deixe um comentário