Casamento: por onde começar?

Essa não é a primeira e com certeza não será a última vez que escrevo sobre os passos iniciais do casamento.

É natural, afinal, para a maioria dos casais essa é a primeira experiência organizando uma grande festa, sem contar toda a expectativa do que vem depois da celebração: a vida a dois.

Casamento é, antes de mais nada, amor.

Não importa qual seja o seu estilo, o quanto você pode investir ou onde quer casar, lembre-se sempre de que o sentimento é essencial para que as coisas aconteçam. Não abra mão disso por nada.

No primeiro momento, esqueça preços e prazos. Deixe de lado o vestido de noiva e a gravata do noivo. Simplesmente esqueça.

Comece focando no seu par. Pense em tudo que os une, nas coisas em comum e até nas diferenças. Pondere sobre quem vocês são.

Descobri aos trancos e barrancos, na minha experiência como noiva, que autoconhecimento é um dos itens essenciais para iniciar os preparativos.

Alinhe expectativas e garanta sintonia com o seu parceiro. Isso é muito importante!

É possível que vocês ouçam que são jovens demais, que casar é bobagem, que vale mais a pena viajar.

Prepare-se! As pessoas adoram meter a colher.

O importante é que você mantenha o foco.

Fique firme e tenha jogo de cintura diante dos contratempos. Não ceda aos profissionais que tentam influenciar suas escolhas. Não contrate ninguém por preço ou por status.

Ouça e absorva aquilo que vale a pena e deixe pra lá o que não vale.

Busque referências e curta boas ideias, mas nunca copie. Inspirações não podem se sobrepor ao seu estilo.

Adapte e crie suas próprias versões. Faça um casamento com a sua cara, imprima sua personalidade e a do seu par.

Não ligue para o famoso “tem que ter”. O casamento só exige duas pessoas dispostas e muito amor, no resto a gente dá um jeito.

Sonhe, mas não deixe que a imaginação ultrapasse suas possibilidades. Não sofra!

Seja prática, mas não deixe de sonhar. Casar também é aprender a balancear sensações e sentimentos.

Faça dessa experiência algo leve e prazeroso. Pegue leve com suas limitações.

Anote, assimile e torne isso um mantra: casamento é, antes de mais nada, amor.

Quem gostou espalha amor
1 comentários

Escrito por Flávia Queiroz

Publicitária, content creator e dedicada a ações que aproximam pessoas. Sou viciada em casamentos, mas de um jeito diferente da Gretchen.

Deixe um comentário