Talvez o nome não soe tão familiar, mas nós temos certeza que alguma vez você já viu detalhes e inspirações sugerindo o macramê no casamento. 

A técnica de tecelagem que se popularizou há mais de 40 anos voltou à moda com tudo nos últimos tempos, ganhando espaço em decorações e festas.

Nós, que adoramos acompanhar todas as novidades, viemos te contar mais sobre o macramê, além de mostrar diversas maneiras de usá-lo no seu grande dia.

O termo “macramê” significa “nó” e vem da palavra árabe “migramah”, ou “franja ornamental”. 

A técnica foi difundida no mundo por marinheiros que a utilizavam para criar objetos que permutavam nos locais onde desembarcavam.

Apesar de ser um tipo de arte que data de épocas pré-históricas, o macramê foi uma verdadeira febre nos anos 70, pois tinha muito a ver com a naturalidade do clima hippie da época, e virou marca registrada do movimento, principalmente na forma de bijuterias e acessórios.

Essa é uma técnica de tecelagem que não utiliza nenhum tipo de máquina ou ferramenta, ou seja, totalmente artesanal e manual. Ao entrelaçar os fios, formam-se nós e, a partir daí, franjas e figuras geométricas variadas.

Como usar o macramê no casamento?

As opções de uso do macramê no casamento são TANTAS que é quase impossível listar todas!

Pra começar, ele pode ser usado para adornar o ambiente no geral e aparecer na forma de painel decorativo para o fundo do altar, cortina, decoração de parede ou até como painéis divisores de ambientes. Traz leveza ao espaço mantendo um ar sofisticado!

Nas mesas ele pode aparecer como encosto de cadeira – uma alternativa à capa de tecido tradicional -, nos caminhos de mesa, em porta-guardanapos, em detalhes nas bordas das toalhas ou como acessório na mesa de bolo, de doces e bem casados. Desta forma, você dá um toque especial à itens essenciais utilizando pequenos detalhes que fazem toda diferença!

Ele pode também vir como suporte para plantas, para velas ou para luminárias, e como decoração suspensa – imagina combinar um varal de macramê com luzinhas, criando um varal super charmoso?

Até mesmo no buquê ele pode aparecer, como adorno para a parte de baixo, segurando o caule das flores.

E falando nisso, o macramê fica ótimo misturado com flores e plantas. Aqui, tanto os fios de cores neutras quanto os fios de cores vibrantes podem ser ótimas opções e dar um resultado final super ousado!

E que tal apostar nas lembrancinhas em macramê? Além de ser super original, os convidados vão se surpreender e amar também!

O mais importante para se lembrar é que o equilíbrio é essencial. Apostar em muitos itens de uma vez com a técnica pode deixar sua decoração pesada. 

Saiba escolher as peças de macramê e distribuí-las em detalhes específicos ou em pontos em que você gostaria de dar destaque.

Com qual tipo de casamento a decoração de macramê combina?

Ele tem tudo a ver com casamentos ao ar livre e com o estilo boho, vintage ou rústico.

Mas a verdade é que justamente por ser tão versátil, você consegue encaixá-lo em pelo menos algum item de qualquer tipo de casamento, mesmo que seja apenas em pequenos detalhes!

Gostou da ideia e quer incluir o macramê no casamento?

Eis algumas ideias e inspirações pra lá de especiais para você usar como referência. Adapte, invente, faça do seu jeito… Vai ficar lindo!

E então, qual é a sua inspiração predileta?

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Stephanie Antunes

Estudante de História da Arte e criadora de conteúdo. Amante de gatos e faladora. Nas horas vagas gosta de conversar sobre astrologia e os mistérios da vida.

Deixe um comentário