phone email location link google-plus facebook instagram twitter vine youtube vimeo pinterest instagram email google-plus facebook twitter wordpress pinterest search share share2
Guia dos Sonhos - Encontre Fornecedores

Michele e Guilherme | Casamento colorido na Casa da Dona Diquinha

Eu estava tão ansiosa para compartilhar o casamento da Michele e do Guilherme por aqui!
 
A melhor definição pros dois é: meu deus, que casalzão!
 
Lindos, sorridentes, descontraídos, apaixonados, animados. Muuuito animados!
 
Cada escolha combinou perfeitamente com a energia dos dois, o que rendeu uma celebração colorida e uma festa agitada.
 
A troca de votos aconteceu na Casa da Dona Diquinha, espaço que já é recorrente por aqui e que eu adoro!
 
Os noivos queriam uma proposta aconchegante e investiram nisso, deixando o ambiente leve e acolhedor, o que incluiu a música da Badulaque na cerimônia (lindos!).
 
Mesmo com a questão do aconchego, a decoração – que contou com móveis da Roupa de Festa – ficou vibrante, linda de se ver!
 
O depoimento está completíssimo, então deixarei vocês com as dicas espertas da noiva.
 
Ah! As fotos são do incrível Juan Cogo, que captou muito bem a intensidade e paixão do casal.
 
Amei as fotos, a felicidade, as cores e a vibração. É um desses casamentos que fazem a gente querer ser amigo do casal, rs.
 
Com vocês, Michele e Guilherme…

O INÍCIO

 
“Nos conhecemos através do Facebook. No final de setembro de 2014 eu estava na academia, onde geralmente tocam músicas eletrônicas e pop em geral, mas coincidentemente tocou minha música favorita, da banda Queens of Stone Age.
 
Fiquei tão contente em ouvir aquela música que postei o clipe no Facebook. O Gui viu e me chamou, perguntando se fui ao show da banda na semana anterior.
 
Conversamos e decidi chamá-lo pra sair. Conversa vai, conversa vem e o primeiro beijo aconteceu com a certeza que queríamos mais. Na despedida, bateu saudade. Aquela saudade que você já sabe que vai sentir antes mesmo de ir embora…
 
O terceiro e mais importante encontro foi na semana seguinte, num bar onde a conversa rendeu até o local fechar. Viramos a noite na Praça Renato de Araújo Salgado, ali na Parada Inglesa, sentados nos balanços, onde percebemos que estávamos apaixonados.
 
Em menos de um mês rolou o pedido de namoro, que incluiu desenhos e carta feita a mão. Foi a primeira vez que ele perguntou se eu queria ser sua menina.
 
Com 1 ano e 2 meses de namoro, ele me levou para um jantar surpresa no Terraço Itália. Foi incrível! Tinha certeza que iríamos noivar, pois ele já havia dito que me pediria em casamento nesse lugar. Tivemos uma noite muito agradável, fomos embora e fiquei chateada, pois não houve pedido. Mas em vez de irmos para casa, ele estacionou naquela mesma praça de 1 ano atrás. Com alianças a postos, de joelhos, me entregou uma garrafa. Sim! A garrafa do vinho mais gostoso que bebemos na comemoração de aniversário de namoro.
 
Ele tinha guardado sem que eu percebesse e me entregou junto com uma carta (homenagem a uma das minhas músicas favoritas: Message In A Bottle, The Police). Foi o momento mais bonito da minha vida até então!”.
casamento-casa-da-dona-diquinha-066
O CASAMENTO
 
“No ano seguinte começamos a organizar o casamento e decidimos morar num apartamento para enfim vivermos uma vida a dois. Adotamos duas gatinhas (Selina & Arlequina) e hoje temos nosso cantinho.
 
Organizamos a celebração do nosso amor em 15 meses. Escolhemos a data – 14/10 – porque outubro é nosso aniversário de namoro, é o mês que nos mudamos para o apê e é o ápice da primavera.
 
Estávamos em dúvida quanto ao espaço, mas logo na primeira visita nos apaixonamos pela Casa da Dona Diquinha. Lá tem aquele ar de aconchego, de casar em casa mesmo, sabe?
 
Contrato fechado, mergulhei de cabeça nesse mundo maravilhoso chamado casamento! Pesquisei muito, orcei com diversos fornecedores do mesmo ramo não (só por uma questão de preço, mas também de afinidade).
 
Queríamos sentir que tínhamos somente amigos no nosso dia e não equipes que foram contratadas para tal. E isso foi tão verdadeiro que as meninas da Marry Me Assessoria se tornaram nossas amigas pessoais. Tanto que a Priscila virou nossa madrinha de casamento, a Man estava presente no nosso apê quando ainda não tínhamos móveis nem nada e inclusive foi ela quem fez o painel chalkboard para o casamento (fala se não é talentosíssima?).
 
Somos fãs do jeito descontraído do Juan Cogo e do Raphael Borges (Adão Filmes), tanto que não tivemos dúvidas que fecharíamos com eles logo na primeira reunião.
 
A Núbia Monteiro (decoração) abraçou desde a ideia mais simples até a mais maluca, me acompanhou até na viagem à Monte Verde, na nossa comemoração de aniversário de namoro, hahahaha. Ela sabia que a decoração era uma das prioridades e simplesmente transformou a beleza natural da Casa numa explosão de cores e detalhes especiais, do jeitinho que sonhamos.
 
E o buquê? Fiquei sem saber lidar com aquele buquê maravilhoso! E tantos outros fornecedores, tantos amigos, tanto empenho e carinho… Só podemos agradecer a Deus por tê-los encontrado.
 
O Gui sabe o quanto amo papelaria e ele insistiu muito para que eu fizesse a nossa. No início não acreditei que conseguiria, mas aos poucos deu certo e amei o resultado.
 
Pude contar também com concelhos da Carol (Chuva de Papel) e Pri (Wasabi Atelier). Jamais vou esquecer a força que elas me deram.
 
Fizemos tudo a mão! Recorte de tags, medir e colar o forro dos envelopes (que trabalhão que deu para amadores como nós, hahaha) e etc. Tudo feito com tanto, mas tanto carinho… Receber o feedback positivo dos convidados foi uma satisfação gigantesca!
 
Também produzimos as caixinhas dos padrinhos, pintamos uma a uma com a cor das roupas deles e fizemos um manualzinho em formato de convite que entregamos junto com os presentes.
 
O envolvimento com os preparativos foi tão intenso que participamos de vários workshops, palestras, bate-papos de noivos, feiras, e claro que pudemos contar com todas as dicas aqui do blog.
 
Se torna gostoso se você gosta do que faz e tem tempo hábil para fazer tudo que deseja. Me dediquei de coração em toda a organização e o Gui às finanças, controles e pagamentos”.
casamento-casa-da-dona-diquinha-006casamento-casa-da-dona-diquinha-033casamento-casa-da-dona-diquinha-081casamento-casa-da-dona-diquinha-070casamento-casa-da-dona-diquinha-085casamento-casa-da-dona-diquinha-094casamento-casa-da-dona-diquinha-098
casamento-casa-da-dona-diquinha-010
casamento-casa-da-dona-diquinha-030casamento-casa-da-dona-diquinha-063
MOMENTOS ESPECIAIS
 
“A cerimônia sem dúvidas foi o momento mais especial.
 
Quando estava aguardando no carro, vi minha irmã esperando o cortejo começar aos prantos, me emocionei demais. Ela estava muito bonita e só de vê-la chorar, chorei junto.
 
A Badulaque transmitiu muito amor nas músicas que escolhemos, consegui ouvir quase todas antes da minha entrada!
 
Ver que o Guilherme estava tão emocionado quanto eu também contribuiu para que eu chorasse a cerimônia toda, hahaha. O Renato Dumas fez uma celebração com muita leveza e descontração, todos se emocionaram e riram.
 
Mas os votos, principalmente os votos do Gui, levaram todos ao choro livre (deveria ter feito lágrimas de alegria, porque até o chefe dele chorou, kkkk).
 
O segundo momento mais especial foi a festa num todo. Ver todo mundo dançando, conversando, curtindo pra valer, nos deu uma sensação de missão cumprida.
 
Transformar nossa alegria na alegria deles foi muito mais do que podíamos querer. Foi uma festa muito alto astral, muito divertida, com uma vibe maravilhosa (vide o vídeo incrível do Adão Filmes).
 
Não pensei que casar de dia fosse render uma pista de dança lotada! E quando estava no fim da festa, ninguém queria ir embora (nem nós).
 
Para fechar com chave de ouro, o terceiro momento mais especial foi a chuva. Sim! A chuva que tanto orei para não vir.
 
Durante a cerimônia estava muito calor, mas logo após o almoço veio aquela garoa suficiente apenas para refrescar. Deus foi muito bom para nós e nos abençoou com uma tarde gostosa”.
.
DE NOIVA PARA NOIVA
 
“Vemos muitos relatos contando que os preparativos são uma fase deliciosa do início ao fim, que parece que no caminho não acontecem frustrações, e isso pode ser um pouco decepcionante para algumas noivas, como foi pra mim.
 
Então minha dica é: não se apegue a isso. Cada um tem a sua história. Às vezes a ansiedade e a vontade de que dê tudo certo faz com que a gente espere muito de coisas que estão fora do nosso alcance.
 
Todos têm suas limitações, sejam amigos, familiares e etc. Confie no seu potencial e faça as coisas por vocês, a ajuda vem quando tiver que vir e será muito bem-vinda!
 
Não deixe nada gerar desmotivação, não se esqueça do real propósito do casamento. Confie nos seus fornecedores e suas dicas. E se possível, contrate assessoria completa!
 
Fui uma noiva muito interessada em cada detalhe, escolhi a dedo tudo! E minhas assessoras me ajudaram do início ao fim, mas com certeza teria algumas preocupações a menos se tivesse contratado o pacote completo.
 
Já valorizava essa profissão antes, e minha admiração só cresceu durante o processo com as meninas da Marry Me”.
casamento-casa-da-dona-diquinha-015 casamento-casa-da-dona-diquinha-417 casamento-casa-da-dona-diquinha-011casamento-casa-da-dona-diquinha-044 casamento-casa-da-dona-diquinha-111 casamento-casa-da-dona-diquinha-100 casamento-casa-da-dona-diquinha-337 casamento-casa-da-dona-diquinha-102 casamento-casa-da-dona-diquinha-107 casamento-casa-da-dona-diquinha-110casamento-casa-da-dona-diquinha-356 casamento-casa-da-dona-diquinha-054 casamento-casa-da-dona-diquinha-061 casamento-casa-da-dona-diquinha-019casamento-casa-da-dona-diquinha-082casamento-casa-da-dona-diquinha-133 casamento-casa-da-dona-diquinha-179 casamento-casa-da-dona-diquinha-122 casamento-casa-da-dona-diquinha-173 casamento-casa-da-dona-diquinha-190 casamento-casa-da-dona-diquinha-257casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-1 casamento-casa-da-dona-diquinha-205casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-2casamento-casa-da-dona-diquinha-117casamento-casa-da-dona-diquinha-222 casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-3casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-20 casamento-casa-da-dona-diquinha-260casamento-casa-da-dona-diquinha-266 casamento-casa-da-dona-diquinha-318 casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-5casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-11 casamento-casa-da-dona-diquinha-378 casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-9casamento-casa-da-dona-diquinha-359 casamento-casa-da-dona-diquinha-332 casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-6 casa-da-dona-diquinha-michele-guilherme-7casamento-casa-da-dona-diquinha-379 casamento-casa-da-dona-diquinha-389 casamento-casa-da-dona-diquinha-387casamento-casa-da-dona-diquinha-401casamento-casa-da-dona-diquinha-439 casamento-casa-da-dona-diquinha-585casamento-casa-da-dona-diquinha-589 casamento-casa-da-dona-diquinha-622 casamento-casa-da-dona-diquinha-631 casamento-casa-da-dona-diquinha-641 casamento-casa-da-dona-diquinha-567 casamento-casa-da-dona-diquinha-467 casamento-casa-da-dona-diquinha-438 casamento-casa-da-dona-diquinha-655
Que casalzão, hein?
 
Lindos, apaixonados, dedicados um ao outro e ao grande dia… Não tinha como dar errado!
 
Como foi dito pela Mi, nem tudo são flores quando a gente lida com a organização de um sonho como o casamento, que envolve tantas expectativas, investimento e possibilidades, mas com amor e pés no chão, as coisas acontecem da melhor maneira possível!
 
Michele, que sorte a sua encontrar o Guilherme. Guilherme, que sorte a sua encontrar a Michele. E para completar, que sorte a nossa tê-los aqui, inspirando outros casais.
 
Para fechar com chave de ouro, eis os votos do Gui.
 
“Chegou o grande dia. Quase não planejamos, não é? Mesmo assim parecia que a cada dia esquecíamos de mais coisas. Mas se não fosse você, o que seria de mim?
 
Já brigamos por tanta bobagem. Já ficamos felizes com tão pouco. Crescemos juntos em tão pouco tempo. Você ficou do meu lado quando eu perdi o chão. Pediu desculpas quando não tinha motivo. Você me conhece, sou difícil, sou bravo, mas jamais injusto.
 
Não posso prometer uma louça lavada, mas uns docinhos eu prometo. Vou me redimir fazendo aquele beijinho pra gente assistir uma série. Fazer sua pipoquinha enquanto assistimos um filme.
 
Agora não tenho para onde fugir. Você me envolveu nessa coisa chamada AMOR. E quem disse que eu quero fugir? Você sabe o que eu quero, não é?
 
Quero continuar a descobrir o significado da felicidade ao seu lado. Quero enfrentar as dificuldades sabendo que tenho minha parceira. Quero te amar mesmo quando te odiar. Eu não quero só um felizes para sempre. Eu quero aquela frase que te disse. Quero que eternamente seja só o início”.
 
Agora sim, pode beijar a noiva.casamento-casa-da-dona-diquinha-30
Quem fez?
 
 Espaço e buffet: Casa da Dona Diquinha |  Fotografia: Juan Cogo Música da cerimônia: Badulaque Mobiliário: Roupa de Festa | Vídeo: Adão Filmes | Assessoria: Marry Me Assessoria | Decoração: Núbia Monteiro Arquitetura de Eventos | Vestido: Pó de Arroz | Sapato: Juliana Bicudo | Acessórios: Mari Peres | Beleza: Jane Heloi Studio | Robe: Susana Fujita | Pulseira das madrinhas: Tulle Noivas | Gravata e suspensório: O Francês Gravataria | Celebrante: Reverendo Renato Dumas | DJ: OverSound Eventos| Topo de bolo: Major Tom | Bar: Pepper Drinks | Chopp: ChoppUP | Bebidas: Imigrantes Bebidas | Doces finos: Ma Cherie Confeitaria | Lembrancinhas: Cadô Presentes | Chalkboard: Man Demori | Bem casado: Elaine Nakauti | Tecido do bem casado: Mellgan Estamparia | Sousplat: Vintage and Cool | Taças e talheres: LUPP Locações | Guardanapos: All Fest | Flâmulas e kit kids: Festejar Papelaria Criativa | Plaquinhas: Mari Marchi Ateliê | Identidade visual: Michele Cabral (noiva) | Impressos: Alphagraphics Guarulhos | Hotel: Aparthotel Adagio Alphaville | Gerador: Albonett | Cobertura: Metta Coberturas SP | Lista de presentes: iCasei

Comentários

Categorias:
Casamento Real Casamentos
Tags:

Candice e Matheus | Casamento no interior de São Paulo

O amor é lindo e também pode ser surpreendente. A Candice e o Matheus são prova disso!
 
O casal se conheceu em um encontro arranjado, desses que a gente não imagina que pode dar certo. Mas deu!
 
Deu tão certo que rendeu casamento. Um lindo casamento no interior de São Paulo, com decoração de babar, muitos detalhes e cerimônia emocionante!
 
A noiva ficou linda com vestido Emannuelle Junqueira e acessório Graciella Starling. Uma verdadeira princesa adepta do menos é mais.
Ver post completo

Escreva uma Carta pra Mim | Cerimônia não é tudo igual!

Organizar um casamento é entrar num universo composto por uma infinidade de decisões onde as mínimas escolhas interferem no resultado final. Tudo reflete o estilo dos noivos e isso vale para cada detalhe, desde as forminhas dos docinhos até a data e o local onde a festa irá acontecer.

Em meio a tantas tarefas e ansiedade pelo receio de que algo não saia conforme o imaginado, a escolha da cerimônia às vezes ficava um pouco de lado. Digo ficava porque isso está mudando.

Até poucos anos a cerimônia era algo praticamente padrão, sempre igual. Hoje, com casamentos cada vez mais personalizados, as cerimônias também mudaram e os noivos podem buscar algo que de fato tenha a ver com o que acreditam e valorize o amor dos dois.

Ver post completo

Evento Guia dos Sonhos – 2ª edição

Semana passada rolou a segunda edição do Guia dos Sonhos, evento realizado exclusivamente para profissionais do mercado de casamento.
 
Convidei fornecedores que integram o nosso guia de indicados e outros parceiros para uma manhã de networking, conteúdo e diversão.
 
Além de celebrar um ano especial, pudemos colocar a conversa em dia e falar um pouquinho sobre particularidades do blog.
 
O Recanto da Paz, em Atibaia, abriu as portas para o evento, proporcionando um cenário pra lá de especial.
Ver post completo

Isabela e Ricardo | Mini wedding na Casa da Dona Diquinha

É sempre uma delícia falar de casamentos leves, simples e aconchegantes, desses que acolhem os convidados e promovem um clima de amor em cada cantinho.

Foi exatamente assim na troca de votos da Isa e do Ricardo, que aconteceu na Casa da Dona Diquinha.

A Casa da Dona Diquinha é um local propício para mini weddings. Além de um lindo jardim, oferece mil e uma possibilidades para quem quer receber os convidados com charme e conforto. Tudo isso fica ainda melhor quando a gente soma a gastronomia do Chef Rogério Junqueira.

A responsável pelas fotos, Lígia, soube captar muito bem o romantismo e alegria dos noivos, um casal jovem, lindo e apaixonado.

Ver post completo

Projeto Amor Igual | Pré-wedding e história de amor

Estamos pertinho de concluir a 1ª edição do Projeto Amor Igual.
 
Depois de mais de 40 histórias recebidas, muita emoção e dificuldade para escolher o nosso casal, correria para organizar todos os detalhes, reuniões e conversas pelo Skype, finalmente estamos às vésperas do casamento.
 
Muita gente perguntou sobre o relato que arrebatou meu coração. Afinal, o que a história de amor dos meninos tem de tão especial? Drama, altos e baixos, comoção?
 
Nada disso.
Ver post completo