Bárbara e Jan queriam um casamento descontraído, que reunisse simplicidade, alegria e aconchego.

Juntos desde a faculdade, escolheram a Casa 28 e a cerimônia pé na areia transmitiu toda a energia do casal.

Eles se conheceram na ECA-USP e já dividiam o apartamento quando veio a vontade de casar.

O desejo partiu de ambos e a ideia sempre foi celebrar com as pessoas mais próximas e queridas, tudo sem exagero ou ostentação.

Como dá pra ver nas fotos da Bru Grillo, o resultado foi alcançado com êxito!

O enlace misturou bem a afeição do noivo pela praia e o estilo alegre e interiorano da noiva.

Com decoração da Fatto Manu, o cenário contou com tapetes coloridos, palets e almofadas, além de uma mesa de doces rica em flores de todos os tipos. Ficou lindo!

A decor combinou super bem com o local e, mais do que isso, ajudou a contar a história dos noivos, já que resumiu com perfeição a personalidade dos dois.

Amei o traje leve e clarinho do noivo tanto quanto amei o vestido de noiva!

A Bárbara acertou em cheio ao optar pelo penteado meio solto, com cachos e flor na lateral. Uma noiva praiana linda de viver!

Reparem nos detalhes e nos sorrisos, é a aura de alegria que todo casamento deveria ter!

Com vocês, o casamento descontraído da Bárbara e do Jan, pelas lentes de Bruna Grillo.

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areiaCasamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

“Eu e o Jan nos conhecemos ainda na faculdade. Em uma das baladas desse tempo, da ECA-USP, começamos a conversar e acabamos ficando. Depois disso nunca mais nos separamos, e já se foram 9 anos.

Com tanto tempo juntos, a decisão de casar foi natural. Já estávamos morando no mesmo apartamento há 1 ano, e começamos a pensar que seria muito gostoso e gratificante celebrar nossa união com uma grande festa. Foi quando começamos a sonhar com o casamento e tudo aquilo que seria mágico nessa reunião de amigos e familiares.

Veio a ideia de casar na praia, já que o Jan sempre esteve muito conectado com o mar e em especial com o litoral norte de São Paulo, onde passava as férias da infância.

Durante a organização a gente conseguiu unir a praia do Jan com o lado mais caipira da Bárbara, rs. Como sou do interior, a gente trouxe o toque campestre para a decoração, com muitas flores, natureza e madeira.

Essa mistura sempre esteve atrelada à nossa simplicidade como casal, de não querer ostentar ou fazer nada artificial.

A escolha dos profissionais teve muito a ver com isso: queríamos pessoas reais, que tivessem uma entrega de alta qualidade, mas sem ostentar ou ficar com ‘mitidez’.

No mercado de casamento a gente via muitos fornecedores pastelaria ou então que subiam o preço pela fama. A gente tomou muito cuidado para não escolher essas pessoas, e sim fornecedores que tinham um carinho a mais por cada casal, que se conectavam de fato com as histórias dos seus clientes. E foi isso que nos deixou muito felizes com a maioria de nossas contratações.

O que a nossa celebração teve de mais especial foi essa vontade de fazer algo simples, mas totalmente verdadeiro.

A cerimônia foi conduzida por um de nossos melhores amigos, todos os padrinhos fizeram uma rede de segurança e energia em volta de nós durante a celebração toda, plantamos juntos uma árvore como símbolo de crescimento e nossos votos foram pensados pela manhã, no mesmo dia do casamento, para que fosse verdadeiro e cheio da emoção que estávamos sentindo naquele momento.

Além disso, um momento muito especial da minha festa foi a surpresa que meu pai fez, contratando a Bateria de Escola de Samba Universitária da ECA-USP (a Batereca). Essa era uma das atividades que eu e o Jannerson fazíamos durante a faculdade, então foi maravilhoso e inesquecível resgatar essa história!

Minhas principais dicas para as futuras noivas é: buscar fornecedores que já tenham o estilo do que você pretende no seu casamento. Se você é mais clássica, tente recomendações de pessoas que tenham essa mesma pegada, ou busque fornecedores que já façam esse tipo de celebração; se você é mais hippie, tente encontrar pessoas assim também.

Procure no portifólio e nas reuniões com os fornecedores encontrar esses pontos de conexão entre vocês, pois isso faz toda a diferença na condução do processo e na experiência do dia.

Siga a sua intuição, confie em você. Como casamento envolve muitas questões financeiras e muitas decisões, a gente muitas vezes fica preso no racional da contratação, mas de verdade, nada é mais importante do que essa sensação de que  o santo bateu com o fornecedor.

É claro, o santo precisa bater dentro dos seus orçamentos também (hahaha), mas uma vez dentro da faixa de preço ou próximo disso, tente sentir e escutar seu coração, pois isso faz toda a diferença para contratar também.

Por último e não menos importante: não tenha medo ou vergonha de deixar muito claro aquilo que você já sabe que quer ou espera. Principalmente com a assessora (talvez a que a gente mais demora para entender o que esperar, então seja bem específico sobre o que espera do serviço), decoração, vídeo e foto. Deixe claro aquilo que mais importa paa você, para que tudo fique às claras e você não se sinta enganada ou em falta depois.

É o dia do seu casamento, pensado com muito carinho e amor. Sempre vai dar certo, mas pode dar mais certo ainda com algumas dicas prévias. Boa sorte!”.

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Casamento Descontraído no Litoral Norte | Casamento pé na areia

Quem fez?

Decoração: Fatto Manu • Fotos: Bruna Grillo Fotografia • Vídeo: Singular Films • Beleza: Raji MakeUp • Doces: Kykah Doces Artesanais • DJ, sonorização e produção: Marcelo Barres • Bolo: Dona Badia Doces • Gastronomia: Buffet Fiaccadori • Música: Isadora Bertolini e Tadeu Marcolino • Vestido de noiva: Renata Buzzo • Assessoria: Hera Assessoria • Traje do noivo: Alfaiataria Personal • Lembranças e convites: Pessoal • Celebrante: Amigo do casal

Fornecedores dos Sonhos

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Flávia Queiroz

Publicitária, content creator e dedicada a ações que aproximam pessoas. Sou viciada em casamentos, mas de um jeito diferente da Gretchen.

Deixe um comentário