Aqui no blog a bandeira dos pequenos casamentos sempre esteve hasteada. Gostamos de grandes festas, mas também amamos a ideia de celebrações íntimas, com poucos e bons convidados, boa gastronomia e muitos detalhes.

E parece que essa proposta, mais compacta que os casamentos tradicionais, não para de crescer!

Uma das trends de 2020 são justamente os micro weddings, fazendo a alegria de casais minimalistas.

Mas afinal, o que é um micro wedding? Aliás, o que o diferencia do mini wedding e tantos outros termos que vemos por aí?

Pra começar, vale dizer que vários termos costumam aparecer quando falamos em pequenos casamentos: elopement wedding, intimate wedding, e por aí vai…

É tanto wedding que não é incomum que muitos noivos se sintam perdidos.

E é por isso que estamos aqui!

No post da vez vamos explicar – com todas as minúcias – o que significa cada um desses termos, quais são seus prós e contras e para qual tipo de casal eles são indicados ou funcionam bem.

E aí, pronto para ficar expert em pequenos eventos?

ELOPEMENT WEDDING

Também conhecido como casamento a dois, o elopement wedding é uma cerimônia que, muitas vezes, acontece de forma repentina ou secreta, sem a presença de amigos e familiares ou com um número bem limitado de convidados.

Elopement significa – literalmente – fugir!

Apesar de ainda não ter tantos adeptos no Brasil, esse tipo de cerimônia vem ganhando, gradualmente, algum espaço, tornando-se uma opção bem viável para noivos desapegados, modernos e descolados.

Se engana quem pensa que a única vantagem desse tipo de casamento é a economia.

Pelo contrário, ela carrega consigo todo aquele “q” de romantismo incontrolável que a gente tanto ama!

Além disso, o elopement wedding pode ser realizado tanto no Brasil quantos em outros países.

Os noivos ainda podem optar por casar na presença de um celebrante, juiz de paz ou afins.

Neste caso, nós também indicamos a escolha de um fotógrafo para registrar os momentos mais importantes, afinal, o casamento pode ser a dois, mas as memórias merecem ser guardadas em álbum!

Para quem é indicado? Noivos que desejam uma cerimônia bem intimista e sem convidados.

Quantas pessoas convidar? Pouquíssimas. Considerem levar também um fotógrafo e um celebrante.

Prós: É a opção mais econômica do mercado, ainda que seja realizada em outro país. Evita o stress com a organização de um casamento tradicional – lista de convidados, fornecedores, etc. Pode unir, inclusive, a união com a lua de mel.

Contras: Os noivos não poderão dividir esse momento incrível com seus amigos e familiares. Mesmo que eles decidam comemorar a dois, não vão vivenciar aquela festa animada dos casamentos tradicionais. As memórias serão um pouco mais simbólicas – mas isso não quer dizer que elas não serão especiais, certo?

MINI WEDDING

Queridinho dos casais atuais, o mini wedding é um casamento pequeno, intimista e feito para poucos convidados.

Vale lembrar que o que caracteriza esse estilo não é o número de convidados em si, mas sim o fato dele ser mais privativo, aconchegante e ter muito mais proximidade entre noivos, amigos e familiares.

Nesse estilo os noivos também podem se casar em casa, no jardim, no campo e até mesmo em um restaurante.

Para quem é indicado? Casais que querem desfrutar da companhia de seus amigos e familiares.

Quantas pessoas convidar? No geral, é indicado chamar no máximo 100 convidados, mas aqui também vale uma regra – convidem apenas as pessoas mais próximas, com as quais vocês realmente mantém contato frequentemente.

Prós: Por ter menos convidados, os noivos conseguem investir em personalização, gastronomia e outros elementos especiais que talvez ficassem inviáveis em um casamento tradicional. As pessoas mais importantes e especiais da vida dos noivos estarão juntinhas para celebrar este momento. Os noivos vão conseguir dar atenção a todos os convidados da festa. No geral, um mini wedding acaba sendo sempre agradável e bem aconchegante.

Contras: A maior desvantagem do mini wedding é que algumas pessoas ficarão de fora da lista e nem todo mundo vai entender o porquê. Mas, sinceramente, isso não deve ser, de forma alguma, um impeditivo para os noivos.

MICRO WEDDING

Assim como o mini wedding, a proposta do micro wedding é seguir um estilo mais acolhedor e intimista.

Aqui o número de convidados é ainda mais reduzido – no máximo 40 pessoas. Oficialmente a contagem fica em torno de 20 convidados, listando apenas os familiares e aqueles amigos suuuuuper próximos.

Os espaços onde o micro wedding são realizados também tendem a ser mais íntimos e informais, como cerimônias em bistrôs charmosos, casas históricas ou aquele rooftop com vistas panorâmica de tirar o fôlego.

Para quem é indicado? Casais que realmente querem ter uma cerimônia super restrita e intimista.

Quantas pessoas convidar? No máximo 40 pessoas.

Prós: Por ter menos convidados, é uma opção com custo mais acessível. Pode ser organizado de forma mais tranquila e sossegada. Conta com celebrações mais intimistas e descontraídas. Tem duração menor do que um casamento convencional.

Contras: Também é mais restrito e não permite chamar muita gente.

E aí, com qual desses estilos você se identificou mais?

Se os pequenos casamentos são para você, vale clicar aqui e conhecer as nossas indicações para festas íntimas.

E pra terminar, fica a dica: com amor e alegria, qualquer casamento é um grande acontecimento!

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Camila Pusiol

Leonina, jornalista, redatora e social media. Apaixonada por Harry Potter, comédias adolescentes e boas celebrações. Também gosta de decorações, docinhos, quitutes, música ao vivo e casamentos no geral.

Deixe um comentário