O casamento de hoje é muito especial. Não que os outros não sejam, mas a Clara e o Paulo preencheram tantos requisitos na listinha de “enlace dos sonhos” que dá vontade de ser amiga do casal.
 
Noivos apaixonados, cores, personalidade, vida, espontaneidade. Você encontrará dezenas de qualidades em cada detalhe do casório, que aconteceu na Casa de Santa Teresa e foi abençoado pelo Cristo.
 
Para começar, o vídeo. E que vídeo!
 
Ao som de Florence e com uma linda frase de Drummond o celebrante conclui: “Amor é estado de graça pura e nem com amor se paga. Graça pura!”.
.
.
Gostou? Calma. Tem muito mais!
 
A própria noiva descreveu os preparativos. Vale a pena ler!
 
“Sempre esteve muito claro que queríamos casar no “quintal de casa”, com natureza, só para familiares e amigos mais próximos e em um dia 13 (foi em uma sexta-feira 13 que ficamos pela primeira vez). Conseguimos o único dia 13 que caía em um sábado: 13/06/2015, e só muito tempo depois nos demos conta que era dia de Santo Antônio.
 
Pensar na decoração não foi muito fácil, pois eram muitas ideias e nem sempre dava para juntar tudo. Minha sorte foi encontrar a Prill, da Vou Casar e Panz. Ela foi brilhante e conseguiu unir todas as minhas ideias e referências, transformando na coisa mais linda.
 
Lembro de entrar na cerimônia e ficar besta de ver como estava tudo tão lindo e harmônico!
 
Eu e o Paulo queríamos juntar carnaval, México, boho e descontração. A gente queria que o casamento refletisse o que nós somos. Acho isso muito importante quando os noivos pensam em uma festa.
 
Não queríamos que fosse só mais um casamento, queríamos passar para os nossos convidados o significado da celebração, do amor, da importância que damos em comemorar nosso encontro. Nós tivemos o cuidado e a atenção de falar com todos durante a festa. Há quem diga que é perda de tempo, mas foram momentos muito felizes!
 
Quanto as escolhas de fornecedores, nos baseamos em gostar do trabalho, saber se cabia no nosso bolso, mas principalmente se havia empatia entre a gente e o fornecedor.
 
Se na reunião sentíssemos a empatia rolando, a gente nem pensava muito e fechava. E a dica é: coloque pontos finais. Fechou contrato com o local, pare de olhar locais para festa; fechou com o buffet, pare de olhar outros buffets. Esse mundo casamenteiro é uma delícia e quando estamos organizando o casamento a gente vive isso tão intensamente que fica imerso em milhares de informações. Em excesso isso pode significar dúvida, então lembre-se do ponto final!
 
Nós colocamos a mão na massa: fizemos muitos itens, levamos muitos objetos de casa para incrementar e colocamos afeto em tudo que fazíamos. Tudo virava diversão e sempre acabávamos dando muitas gargalhadas.
 
A verdade é que organizar um casamento dá um trabalhão. Ao lembrar de tudo que fizemos fico pensando como conseguimos tanto!
 
Seja otimista e encare numa boa, acreditando que no final dará tudo certo. Eu lia as outras noivas falando sobre isso e achava que era bobagem, mas é verdade, sempre dá certo!
 
Acredito que seja porque no grande dia o que importa é o amor. Com tanta energia as coisas acabam acontecendo.
 
Valeu a pena cada dia dedicado ao planejamento do nosso casamento. Foi maravilhoso viver isso e somos muito gratos!”.
casamento rio 1
casamento rio 2 casamento rio 3 casamento rio 5 casamento rio 6 casamento rio 12
casamento rio 11 casamento rio 7 casamento rio 13 casamento rio 14 casamento rio 17 casamento rio 18 casamento rio 19 casamento rio 20 casamento rio 21 casamento rio 23 casamento rio 25 casamento rio 26 casamento rio 27 casamento rio 28 casamento rio 29 casamento rio 30 casamento rio 31 casamento rio 32 casamento rio 33 casamento rio 35 casamento rio 36 casamento rio 37 casamento rio 38 casamento rio 39
clara1 clara2 clara3 clara4 clara5 clara6 clara7 clara8 clara9 clara10 clara11 clara12 clara13 clara14 casamento rio 40 casamento rio 41 casamento rio 43 casamento rio 46 casamento rio 47 casamento rio 48 casamento rio 49 casamento rio 51 casamento rio 52 casamento rio 55 casamento rio 57 casamento rio 58 casamento rio 60
A Clara não é incrível?
 
Ela descreveu tão bem o processo até subir ao altar que só preciso completar desejando muito amor para o casal!
 
Quem dera mais noivos encarassem o “sim” com a mesma alegria destes dois, hein?
 
Agora sim, pode beijar a noiva!
casamento rio 34
Quem fez?
Fotos: Estúdio Megazap | Vídeo: Key FIlms | Cerimônia e Festa: Casa de Santa Teresa |Decoração: Vou casar e Panz | Vestido: Atelier Fafi Vasconcellos | Acessório da Noiva: Bárbara Heliodora | Beleza: Gabi Back | Sapato: Juliana Bicudo | Traje do Noivo: Brooksfield e Alberto Gentleman | Doces: Ana Foster e Le Petit Sucrèe | Bolo: Le Petit Sucrèe | Buffet: Delícias de Campos | Buquê, lapelas, corsages e arranjos: Nega Fulô | Bem casado: Gubileia Dolci | Lembrancinhas: Paezinhos de Santo Antônio embalados pelos noivos | Celebrante: Pastor Edson, da Igreja Cristã de Ipanema | Convites: Dona Amélie | DJ: Sound Factory | Alianças: H. Stern 
Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Flávia Queiroz

Publicitária, content creator e dedicada a ações que aproximam pessoas. Sou viciada em casamentos, mas de um jeito diferente da Gretchen.

Deixe um comentário