A união de duas pessoas já é motivo o bastante para celebrar. O ritual se torna ainda mais emocionante quando o casal expressa sua singularidade. Alguns optam por fazer isso no modo clássico, outros, porém, buscam opções mais criativas e simbólicas, como a belíssima cerimônia das areias. Já ouviu falar?

Ninguém sabe dizer ao certo onde essa celebração nasceu.

Há quem acredite que foi no Havaí, outros defendem que o ritual pertence aos Apaches, uma tribo norte-americana. Mas, no nosso caso, o que importa mesmo é a beleza dessa alternativa.

E acreditem: ela ganha cada vez mais adeptos! Principalmente em casamentos realizados na praia ou no campo. Isso porque a cerimônia das areias é a opção perfeita para casais aventureiros, representando uma forte ligação com a natureza.

Quer saber mais?

No post de hoje vamos explicar toda a simbologia por trás dessa cerimônia emocionante!

A  cerimônia

A cerimônia das areias funciona da seguinte forma: cada noivo possui um recipiente com areia de uma cor. Durante os votos, que costumam arrancar suspiros apaixonados, eles vão depositando a areia de seus potes em um recipiente maior, simbolizando a união.

Além disso, existem duas formas de realizar essa celebração: a individual e a completa.

INDIVIDUAL:

São utilizados 3 recipientes que devem ser feitos com vidro transparente.

-O maior deles, chamado de vaso da união, precisa ter tampa, ser grande e estar completamente vazio.

Isso porque ele representará o enlace, o relacionamento e a nova vida do casal.

-Os outros dois (um para o noivo e outro para a noiva) devem ser menores.

Eles também devem conter areias de cores diferentes, escolhidas por cada um.

-Na hora dos votos, o casal pega seus respectivos conteúdos e juntos despejam no vaso maior.

Enquanto isso, o celebrante diz algumas palavras de afeto.

COMPLETA:

Na cerimônia completa, este momento de amor é dividido com os pais e os padrinhos.

Esse gesto, além de deixar a cerimônia mais bonita, também representa uma benção ao casal.

Ou seja, tudo de maravilhoso!

Neste caso, serão necessários mais vasos pequenos.

A quantidade, é claro, vai variar de acordo com o número de padrinhos.

Os padrinhos serão os primeiros a despejarem suas areias no vaso da união. É aconselhável que, neste momento, eles falem algumas palavras de amor e amizade para os noivos, dando mais significado ao ato.

Depois, eles são seguidos pelos pais e, por último, pelos noivos que selam os votos e o vaso.

Dessa forma, o vaso maior se torna uma lembrança eterna da cerimônia.

Que tal guardar com muito carinho ou deixar essa relíquia decorando a casa?

Simbologia

Essa é, sem dúvida alguma, minha parte favorita do ritual.

A cerimônia das areais diz que, após os grãos se unirem, ninguém mais poderá separá-los!

Isto porque, ao misturarem os grãos, o casal passa a ter também um pouco do outro dentro de si.

Compartilhando assim uma conexão ainda mais íntima e afetiva, capaz de transpor as barreiras físicas.

Demais, né?

Não sei vocês, mas eu fico arrepiada só de imaginar!

Cores

As cores tem papel fundamental na cerimônia das areias.

Elas representam as vidas individuais dos noivos e, por isso, quando são despejadas em um único vaso, as duas camadas de cores passam a simbolizar o início de uma nova vida, juntos e eternamente ligados.

Além disso, quando misturados, os grãos de areia se tornam indissolúveis e não podem mais ser separados – o que representa aquele conceito que a gente tanto adora: duas pessoas se tornando uma só carne.

Por isso, se você optou pela cerimônia das areias, confira aqui o significado de cada cor:

Preto: Representa mistério e fantasia. É associado constantemente ao luxo.
Branco: Representa paz, calma, pureza e bondade.
Vermelho: É a cor universal do amor, representando paixão e sentimentalismo.
Verde: Representa natureza, vigor, juventude, frescor, esperança e calma.
Amarelo: Representa calor, luz  e prosperidade.
Azul: Representa elegância, lealdade, fidelidade e sutileza.
Castanho: Está associado com maturidade, consciência e responsabilidade.
Lilás: Representa espiritualidade e o poder da intuição.
Rosa: Representa beleza, saúde, sensualidade e romantismo.

Como fazer a sua cerimônia das areias?

A primeira coisa é encontrar um celebrante que realize o ritual com a beleza e sensibilidade que ele pede.

Aqui no blog, confiamos e indicamos a Iracema Nogueira, que faz essa e outras cerimônias personalizadas.

Sensível e criativa, Iracema coloca o coração em cada celebração, inspirada na história de amor do casal e envolvendo os noivos, os familiares e todos os convidados num clima leve e profundamente emocionante.

Para saber mais sobre esse trabalho delicado e impactante, é só acessar o Guia dos Sonhos.

E tem mais! Olha só esse vídeo onde a Iracema mostra em detalhes como funciona a cerimônia das areias.

PRA TERMINAR…

Vale ressaltar também que a elaboração de todo ritual é feita pelo próprio celebrante. Por isso, é bom conversar bastante com o profissional escolhido, falar sobre seus desejos, contar quais são suas expectativas e partilhar referências, para que tudo saia exatamente como vocês sonham.

Outros pontos também devem ser definidos. Por exemplo, quem participará do processo: só os noivos, pais, padrinhos? E quando ele será realizado: antes ou depois da troca de alianças?

Vale ressaltar a importância de compreender bem o significado de cada cor, para que as areias possam, de fato, simbolizar a personalidade de cada um.

E aí, dicas anotadas?

Se escolherem a cerimônia das areias, não esqueçam de enviar fotos e detalhes pra gente. Vamos adorar conferir esse momento!

Fornecedores dos Sonhos

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Camila Pusiol

Leonina, jornalista, redatora e social media. Apaixonada por Harry Potter, comédias adolescentes e boas celebrações. Também gosta de decorações, docinhos, quitutes, música ao vivo e casamentos no geral.

Deixe um comentário