Convites, menus e muito mais: dicas para uma papelaria sustentável

O debate acerca da sustentabilidade segue em alta, inclusive nos casamentos. Mas afinal, como ter um casamento sustentável?

Se engana quem pensa que a sustentabilidade está necessariamente atrelada ao estilo rústico, com casamentos verdes e extremamente vinculados ao perfil eco.

Entender os materiais, processos e dia a dia das empresas contratadas pode ser tão efetivo quanto refletir conceitos naturais.

O mesmo vale para o convite de casamento. Em resumo, é possível ter uma papelaria sustentável, mesmo que o casal não opte por papel semente ou outros clichês associados ao tema.

Para falar sobre isso com propriedade contamos com o repertório da Roberta, da Galliari Design.

A Galliari é especialista em papelaria de casamento e parceira do Guia dos Sonhos. Uma das empresas nas quais confio e indico de olhos fechados!

“Acreditamos que um casamento sustentável não precisa ser necessariamente eco, simples ou rústico, e sim que todos os processos, desde as empresas contratadas até os materiais usados, precisam seguir um caminho onde todos os recursos são respeitados. Afinal, não são todos os casamentos que seguem esse estilo rústico.

Um casamento clássico e tradicional pode ser igualmente sustentável em alguns momentos. Não é porque os noivos optaram por um convite que não foi em papel semente ou por um vestido feito do zero, que eles não foram conscientes com o meio ambiente. Esse termo carrega algo muito mais profundo do que o básico que falam por aí”. Galliari Design

Vamos aos pontos mais importantes para definir uma papelaria sustentável?

Papelaria sustentável: dicas e inspirações com Galliari Design

Casamento sustentável: mitos e verdades

É claro que sustentabilidade importa. Os casamentos sustentáveis deixaram de ser tendência e hoje são uma necessidade.

Mas, para que falemos de atitudes sustentáveis, é preciso abolir pensamentos comuns, que muitas vezes são repetidos exaustivamente sem que correspondam aos fatos.

“Antes de tudo, quando se trata da sustentabilidade da comunicação impressa e do papel, é importante separar fatos comprovados e a opinião pública, que transmite, algumas vezes, informações enganosas.

É comum dizerem que produzir papel destrói as florestas, que papel é ruim para o meio ambiente, que somente o papel reciclado deve ser usado e outras afirmações que nem sempre correspondem aos fatos”. Galliari Design

Percebe como há uma linha tênue entre sustentabilidade e regras que nem sempre são efetivas?

Papelaria sustentável: dicas e inspirações com Galliari Design

Papel e meio ambiente

Quero investir em uma papelaria sustentável, mas minha expectativa não combina com casamentos rústicos ou simples demais. O que fazer?

Na verdade, a ideia de que casamentos sustentáveis são casamentos visualmente eco, não é real.

Hoje em dia o papel pode vir de uma produção extremamente responsável, mesmo que não seja um papel semente.

“O papel é um produto de origem natural renovável, pode ser reciclado, é biodegradável, não possui resíduos perigosos em sua constituição e é produzido de forma segura e adequada por produtores, que possuem diversas certificações ambientais, sociais, de responsabilidade corporativa e de qualidade de produtos.

Afirmo isso baseada em todos os papéis que usamos para papelaria de casamento, não só sobre os papeis semente ou artesanais. É importante ressaltar que todos são biodegradáveis, reciclados e etc.

Mais do que utilizarmos qualquer tipo de papel, é importante verificar como está sendo o descarte disso tudo. No caso da papelaria da festa, ao final, o buffet faz uma coleta seletiva e separa todo esse material para reciclagem? Se sim, maravilhoso, 100% da papelaria usada na festa será reciclada”. Galliari Design

Com certificações ambientais e responsabilidade corporativa, há muito mais tranquilidade no uso destes materiais.

O pós é igualmente importante, afinal, pensar na reciclagem posterior conta muito!

Papelaria sustentável: dicas e inspirações com Galliari Design

E aí, como escolher a empresa certa para uma papelaria sustentável?

Pesquise, pergunte e preocupe-se com os pequenos detalhes.

Olha só as sugestões listadas pela Galliari:

“Antes dos noivos pensarem em fazer um convite sustentável, reaproveitável e tudo mais, é interessante saber: essa empresa tem medidas internas sustentáveis e concientes com o meio ambiente? Esse convite será embalado naquele plástico que ainda é muito usado pelos noivos? Vale lembrar que esse plástico é imensamente mais prejudicial ao meio ambiente do que qualquer tipo de papel”.

Papelaria sustentável: dicas e inspirações com Galliari Design

Veja mais convites e detalhes criados pela Galliari clicando aqui.

Confira a seguir as medidas recentes adotadas pela Galliari, a fim de que a empresa seja mais sustentável e consciente com o meio ambiente:

•Podemos dizer que a nossa entrega é praticamente a mais ecológica possível! As embalagens de papel estão entre as mais recicladas em comparação com embalagens de qualquer outro material, por isso não utilizamos plástico bolha para proteger os produtos, nem fita plástica para lacrar as caixas e a nossa papelaria não é mais embalada em saquinhos plásticos. Agora é tudo de papel!

Até o plástico que carrega a nota fiscal do lado de fora da caixa despachada pelos Correios, foi substituído por uma versão de papel. Sendo assim, praticamente zeramos o plástico na nossa entrega!

•Nós compensamos nossas embalagens por meio do selo @eureciclo. Ou seja, reciclamos muito mais do que produzimos.

•Nos orçamentos, não incentivamos o uso de plásticos para a embalagem dos convites. Oferecemos uma outra opção para evitar o uso dele, como uma capa em papel vegetal, ou mesmo não usar nada.

•Toda nossa sobra de papel é fragmentada em uma máquina para reutilizarmos no preenchimento de caixas despachadas.

•Preferimos sempre comprar nossa matéria prima de fornecedores locais, que possuam certificações ambientais ou mesmo pratiquem a sustentabilidade em suas atividades mercadológicas

•Damos a sugestão de incluir uma nota nos convites para incentivar os convidados a descartá-los de forma correta ou mesmo reciclá-los, em vez de jogá-los no lixo.

•E, claro, sempre que possível tentamos pensar em projetos, principalmente os convites, para terem utilidade mesmo após o casamento.

Papelaria sustentável: dicas e inspirações com Galliari Design

Gostou das informações e sugestões?

Para entrar em contato com a Galliari, é só clicar aqui. Aproveite para saber mais e abrace a ideia de uma papelaria sustentável!

Fornecedores dos Sonhos

Quem gostou espalha amor
0 comentários

Escrito por Flávia Queiroz

Publicitária, content creator e dedicada a ações que aproximam pessoas. Sou viciada em casamentos, mas de um jeito diferente da Gretchen.

Deixe um comentário